Reveja os vídeos do ‘Aprovado’ de sábado, 29/7 | Aprovado

O Aprovado de sábado, 29, mostrou como a arte pode mudar realidades. Teve uma visita à Escola Ambiental, projeto do maestro Fred Dantas que existe há 21 anos em Barra do Pojuca, em Camaçari, e une educação, preservação do meio ambiente e arte. A multiartista Wive Melo mostrou um curso que utiliza o pandeiro como ferramenta de terapia, enquanto o maestro e instrumentista Letieres Leite apresentou o projeto Rumpillezinho, que promove o autoconhecimento, e o repórter Pablo Vasconcelos participou de uma edição do Festival Tô Ligado na Energia. A série Cidade Verde visitou a Residência Estudantil da Ufba, no Corredor da Vitória, onde a estudante de dança Ana Souza fomenta o cultivo de plantas. E o programa foi até Conceição do Coité para mostrar uma orquestra que trabalha com instrumentos feitos de sisal. Reveja!

Educação, preservação do meio ambiente e arte são o tripé da Escola Ambiental, projeto criado pelo maestro Fred Dantas há 21 anos em Barra do Pojuca, Camaçari. A instituição oferece aos jovens atividades pedagógicas e extracurriculares, como ensino da música, teatro, ecologia e artesanato.

No curso O Pulso e a Pele, idealizado pela multiartista Wive Melo, o pandeiro vira ferramenta de terapia. A ideia é fazer uma vivência lúdica, rítmica, mas também uma aula instrumental. “Quem nunca tocou é bem-vindo porque ainda não criou vícios. É o público-alvo”, diz.

O maestro e instrumentista Letieres Leite promove autoconhecimento e empoderamento feminino no projeto Rumpillezinho. “Toda a instrumentação pedagógica é baseada nos princípios da música de matriz africana, de transmissão oral”, explica.

O repórter Pablo Vasconcelos participa do Festival Tô Ligado na Energia, que conscientiza jovens de escolas públicas de Salvador sobre a importância de economizar energia e evitar alguns acidentes.

A série Cidade Verde visita a residência estudantil da Ufba do Corredor da Vitória. A estudante…

Read the full article at the Original Source..

Back to Top